Pular para o conteúdo principal

30 ANOS DO ECA



Hoje completam-se 30 anos desde a criação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Regulamentado pela lei 8.069/1990, o ECA é em uma das mais avançadas ferramentas legais para proteção integral dos direitos da criança e do adolescente. É fruto de uma imensa mobilização da sociedade civil organizada envolvendo coletivos e organizações em defesa da garantia dos direitos humanos da infância e da adolescência.

Sem dúvidas, este foi um marco da luta pela proteção da infância e da adolescência. No entanto, mesmo após esse tempo, o ECA ainda não conseguiu alcançar a igualdade quando consideramos as relações de classe, raça e gênero. Existe ainda um abismo de oportunidades. Por isso, além de celebrar a importância da data, não podemos esquecer que existe muito a ser feito e que o caminho ainda possui diversos obstáculos, que precisam ser superados para que sejamos um país que cuide verdadeiramente da infância e da adolescência.


Débora Andrade
Psicóloga Clínica e Perinatal
CRP-09/013859

Comentários

  1. The slot additionally features a free spins bonus, with extra wealthy reels. Classic slots are conventional, old-school fashion games that create a nostalgic enjoying in} experience. They usually function retro symbols such as fruits, dafabet bells, BAR and 7’s, yet could also|you can even} find themed variants as properly.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

ANÁLISE "A FILHA PERDIDA", ELENA FERRANTE | Débora Andrade

O QUE É PARENTALIDADE?

  O que é parentalidade? O processo de parentificação se relaciona ao campo dos cuidados e trocas estabelecidas entre os principais cuidadores e a criança. Este processo também se inicia antes da chegada de uma criança. Vai se construindo a partir da transmissão consciente e inconsciente da história infantil dos adultos que farão função materna e paterna, de seus conflitos, da relação com seus próprios cuidadores. Tudo isso influencia a própria representação sobre a parentalidade. Por isso, a parentalidade não se restringe à gestação e ao nascimento de um filho. A chegada de uma criança produz uma mudança irreversível no psiquismo parental. Tendemos a considerar apenas os pais biológicos como responsáveis por facilitar o desenvolvimento de seus filhos nos níveis físico, psicológico e social. No entanto, a parentalidade pode ser desempenhada por outros adultos que sejam responsáveis pela criança. Assim, conceito evoluiu para o de “parentalidade compartilhada”, com a participação não só

ANÁLISE DA SÉRIE 'BOM DIA, VERÔNICA'

Bom dia, Verônica é o mais recente lançamento da plataforma Netflix. A série brasileira retrata a trama de uma delegacia de homicídios na investigação de um abusador em série e de um serial killer. Longe de ser uma imitação norte-americana, a história se desenrola tratando a realidade brasileira de forma realista. Envoltos no suspense, sentimos a cada cena, o corte do real, a violência escancarada. De forma trágica e realista, a série gira em torno, principalmente, da relação entre a mulher e a violência no Brasil.  Só em abril deste ano, no início da quarentena as denúncias de violação aos direitos das mulheres, feitas pelo telefone 180, aumentaram 36% em comparação ao mesmo período de 2019. No enlace entre ficção e realidade, personagem e roteiro juntam-se para divulgar o telefone da própria Verônica, a escrivã que confronta o abusador sexual. Pelo (21) 3747-2600 mulheres vítimas de agressão podem buscar ajuda e receber apoio de especialistas. Já comecei o primeiro episódio impactada